• O Globo
     Casa de Mestre Pastinha vai ser local turístico
    16 de junho 1971

    Imagem

    • Leia abaixo!

    O Globo, 1971

    O texto

    • página

      -

      Casa de Mestre Pastinha vai ser local turístico
      O Globo
      16 de junho de 1971

      SALVADOR (O GLOBO) - O Pelourinho, a casa de Mestre Pastinha, o mais famoso capoeirista do Brasil, o introdutor da capoeira como esporte amador e o criador da primeira academia dessa espécie de luta de defesa pessoal, vai ser reformada e transformada em atração turística.

      O Prefeito Cleriston de Andrade declarou que Mestre Pastinha não sairá do Pelourinho: se não permanecer na mesma casa, vai ganhar outra, pois "sua capoeira tornou-se um patrimônio não só da Bahia, mas, também, do Brasil".

      Velho, quase cego, Mestre Pastinha, não perdeu, porém, as esperanças de concretizar o grande sonho de sua vida: ver organizado um campeonato nacional e outro internacional de capoeira. Com saudades, êle lembra o tempo em que preparava estudantes de faculdade na sua arte. Muitas das vêzes, os seus alunos tinham de correr para a escola, a fim de não perder as aulas universitárias. Entre os seus muitos alunos - a maioria dos quais nem se lembra do velho mestre - destaca-se o Governador Antônio Carlos Magalhães, que, quando prefeito, assegurou-lhe uma pensão vitalícia.


Flickr Fotos

    Atualizações do blog direto a seu inbox

    Back to Top