• Gengibirra, Salvador
     M Pastinha voltou pra Capoeira Angola
     e fundou a CECA

    23 de fevereiro 1941

    Os manuscritos de M Pastinha, 1960

    • Leia abaixo!

    • Leia abaixo!

    Os manuscritos de M Pastinha


    Gengibirra, Salvador

    Gengibirra, Salvador


    O texto

    • página 1

      -

      Histórico da Fundação do Centro Esportivo da Capoeira Angola

      Em prinsipio do ano de 1941, o meu ex-aluno Raimundo, mais conhecido pelo automasia de Aberrêr sempre me convidava para eu voltar a praticar a capoeira, para tomar conta de uma como instrutor, ao que eu sempre respondia: Eu ja me afastei e não pretendo voltar mais a esse esporte. Aberrêr então, me convidou para ir aprecia-lo jogar no Jingibirra, com o que eu concordei, em 23 de Fevereiro de 1941. Fui a esse locar como prometeria a Aberrêr e com surpresa o Snr Amosinho dono da quela capoeira, apertando-me a mão disse-me: Há muito que o [eu] esperava para lhe entregar esta capoeira; para o senhor mestrar. Eu ainda tentei me esquivar disculpando, porem, tomando a palavra o Snr. Antonio Maré: Disse-me; não há jeito, não Pastinha, é você mesmo quem vai mestrar isto a qui. Como os camaradas deram-me o

    • +

      página 2

      seu apoio, aceito. E eu ti convidei, não tem duvida, ja pode-se ver os primeiros passos para tua completa ventura. Estou firme na certesa de que eu penso, porque vejo entre se compreendidos para aninhares a vontade e a esperança de crer. Em 23 de Fevereiro de 1941. No Jingibirra fim de Liberdade, la que nasceu este Centro, porque? Foi Vicente Ferreira Pastinha quem deu o nome de “Centro Esportivo de Capoeira Angola”.

      Fundadores

      Amosinho, este era o dono do grupo, os que lhe acompanhavam, Aberrêr, Antonio de Maré, Daniel Noronha, Onça Preta, Livino Diogo, Olampio, Zeir, Vitor H. U., Alemão filho de Maré, Domingo do Mlha, Beraldo Izaque dos Santos, Pinieu, Jose Chibata, Ricardo B. dos Santos.

Flickr Fotos

    Atualizações do blog direto a seu inbox

    Back to Top