• Quando deu baixa
     M Pastinha mudou para Ladeira do Monturo*
     e colocou sua escola de capoeira
     na Rua Santa Isabel

    1910

    Manuscritos de M Pastinha, 1960: «E o meu mestre bom, eu aprendi na rua da Laranjeira [2 no mapa], e lecionei na rua Sta Izabel [3 no mapa] em 1910 a 1912, quando eu abandonei a capoeira [..]»

    Jornal do Commercio, 1964: Deixando a escola, foi ganhar a vida no oficio que aprendera no Liceu de Artes e Oficios [7 no mapa]. Foi ser pintor e, pintando aqui e ali, foi "se defendendo", conseguindo o numerario suficiente para o seu sustento. Dai passou a [ser] capoeirista.

    Faixa 5 do disco de M Pastinha, 1969: «Eu tinha aqui um aluno por nome Aberrê, esse foi meu aluno e era afilhado do mesmo padrinho meu. Morava na ladeira do São Francisco [8 no mapa], e eu morava na ladeira do Monturo [9 no mapa]. Eu levava, ele ia lá pra casa pra eu ensinar ele a jogar capoeira, quando eu dei baixa.»

    M Pastinha em Jornal Ex-13, 1975: «[Na Marinha] fiquei coisa e tal e em 1910 eu saltei e pedi baixa, tá bom? Levei 8 anos na Marinha [6 no mapa]. Em 1910 peguei Raimundo Aberrei. Foi o primeiro aluno que eu peguei aí quando eu dei baixa. Raimundo, Zeca, João Fortunato, João Moleque, tudo isso, Virício. Fiz um bocado deles. Eu ensinava a eles na rua de Santa Isabel. [..]

    Os aluno todo era trabalhador, operários. Bom. Botei aí. Daí pra daí fui indo, fui indo, peguei a lecionar aqui, tinha uma, duas, 3, 4 repúblicas de estudantes, aqui no largo do Cruzeiro [4 no mapa]. Homens que vinham pra Salvador se formar pela faculdade da Bahia, tá bom? Estudante de médico, todas corporação. Minha academia já era no cruzeiro do São Francisco, na rua, no meio do Terreiro [5 no mapa]. Isso em 1910, 12, 13, tá bom? Depois passei a ser funcionário da Santa Casa de Misericórdia. Fiquei trabalhando, fiquei quieto com a capoeira. [..]

    Olhe: em 1910, quando eu dei baixa, eu fui trabalhar, no meu primeiro emprego, que eu achei foi na imprensa, no Diário da Bahia (há muito que não existe esse jornal). Fui trabalhar ali de ganhador. Sabe pra quê? Levar gazeta para o correio, assinatura. Ganhava 1.600 réis. Já compreendeu? Dali eu saí, fui me empregar lá no correio, lá no comércio, de carregador também. Aí eu ia trabalhar por conta própria minha, tá vendo? Eu era solteiro e não me casei não, viu?»

    * 9 Ladeira do Monturo - o antigo nome da Ladeira do Pax - Rua 12 de Outubro. Leal, Geraldo da Costa. Perfis Urbanos da Bahia, 2002. p. 155.

    1 Rua do Tijolo onde M Pastinha nasceu.

    Pelo que sabemos M Pastinha nunca falou sobre sua escola no Campo da Pólvora. Para ver a versão de Reis, 1997, veja fonte.

    Mapa dos locais

    Mapa dos locais


    Galeria de imagens

    • «E o meu mestre bom, eu aprendi na rua da Laranjeira, e lecionei na rua Sta Izabel em 1910 a 1912, quando eu abandonei a capoeira [..]»

    • «[..] tenho feitos alunos desde 1910 a 12, deixei de ensinar e voltei em 1941 [..]»

    • Rua Santa Isabel

    Rua Santa Isabel, Salvador


Flickr Fotos

    Atualizações do blog direto a seu inbox

    Back to Top