• José Ferreira dos Santos
     Mestre Ferreirinha 
    1925 - 1998

    O ABC de M Ferreirinha

    1925 - Nasceu.

    1936 - Mudou-se para Santo Amaro e começou aprender capoeira com Antônio Asa Branca.

    1976 - O futuro M Ivan começou aprender capoeira com ele aos 10 anos de idade.

    1985 - Macaco quem aprendeu com ele desde os 70-s virou mestre.

    1987 - De dezembro tem registro dele participando do I Batismo de Capoeira Ajagunã de Palmares na Ilha de Santa Catarina.

    1988 - De novembro tem registros dele do 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul em Floripa, SC.

    1989 - Entrevistado por Mestres Itapoan, Luiz Renato e Eziquiel em Santo Amaro da Purificação.

    1990 - Em outubro ministrou aulas no encontro de Capoeira Angola Palmares Sul. Uma foto com Lucia Correia Lima.

    1991 - Uma foto dele junto com M Nô em frente de casa dele em Santo Amaro.

    1994 - Entrevista a Matthias Assunção no 5 de setembro (não publicado).

    1995 - Entrevista a Matthias Assunção no 28 de janeiro (não publicado).

    1998 - Faleceu aos 72 anos de idade.



    📻 Velhos Mestres

    M Ferreirinha ao vivo, 1987
    < >
    • 01.
      Ladainha
      1:21
    • 02.
      Eh-eh tum-tum-tum
      1:11
    • 03.
      Tá na cara
      1:15

    M Ferreirinha ao vivo, 1987



    Imagens

    • Encontro de Capoeira Angola Palmares do Sul
      Out/1990
      Acervo: CM Alemão

    • Bateria:
      ?,
      M João Pequeno (pandeiro),
      ? (atabaque),
      M Boa Gente (berimbau),
      M Ferreirinha (berimbau),
      M Curió (berimbau),
      ? (pandeiro),
      ?,
      ?
      Jogando: M Bobó e M Nô
      Lagoa da Conceição, Floripa, SC
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul
      Nov/1988

    • Bateria:
      M Bobó (pandeiro),
      M João Pequeno,
      ?,
      M Boa Gente (berimbau),
      M Ferreirinha (de boné vermelho ao fundo)
      M Nô (berimbau),
      M Curió (berimbau),
      Marreta,
      Dentinho (pandeiro)
      Jogando: CM Alemão e M Braulino
      Lagoa da Conceição, Floripa, SC
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul
      Nov/1988
      Acervo de CM Alemão

    • Bateria:
      M Bobó (pandeiro),
      M Ferreirinha (atabaque),
      M João Pequeno (berimbau),
      M Nô (berimbau),
      M Curió (berimbau)
      Jogando: ? e CM Alemão
      Lagoa da Conceição, Floripa, SC
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul
      Nov/1988

    • Em pé:
      M Nô,
      ?,
      M João Pequeno,
      M Bobó,
      ?,
      M Curió
      Agachados:
      M Ferreirinha,
      ?,
      M Boa Gente,
      ?,
      ?
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul?
      Nov/1988?
      Acervo de M Nô

    • ?,
      M Ferreirinha,
      M Nô,
      ?,
      ?,
      ?
      No centro M João Pequeno
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul?
      Nov/1988?
      Acervo de M Nô

    • Sentado no chão (calça vermelha) CM Alemão
      Sentados:
      M Ferreirinha,
      ?,
      ?,
      M Nô (berimbau),
      ?,
      ?,
      M Boa Gente (pandeiro)
      Agachados:
      M Bobó,
      ?,
      M João Pequeno
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul?
      Nov/1988?
      Acervo de M Nô

    • M Nô (berimbau no meio),
      M Boa Gente? (atabaque),
      M Ferreirinha (cantando)
      1987, I Batismo de Capoeira Ajagunã de Palmares
      Acervo de Jô Capoeira

    • M Bobó, M Ferreirinha, M João Pequeno
      Evento: 2° Batismo de Capoeira Palmares Sul
      Nov/1988
      Acervo de CM Alemão

    • M Ferreirinha e M Nô em frente da casa de M Ferreirinha
      Santo Amaro, 1991
      Acervo de M Nô

    • M Ferreirinha e Lucia Correia Lima
      1990
      Acervo de Lucia Correia Lima

    • M Djop Barbosa,
      M Ferreirinha,
      M Zequinha
      Santo Amaro, ano?
      Acervo de M Djop

    • M Ferreirinha,
      M Itapoan,
      M Luiz Renato,
      M Eziquiel
      Santo Amato, 1989

    M Ferreirinha


    M Ivan, 2008

    • Entrevista a Lang Maria Liu

      -

      «Meu Mestre se chamava Ferreirinha. Ele veio a Santo Amato quando tinha dez anos de idade e começou aprender capoeira com Antônio Asa Branca - um mestre de capoeira de Santo Amaro. Dizem que Mestre Antônio Asa Branca jogava capoeira melhor quando era bebado, mas Mestre Ferreirinha não gostava de beber! [..] Eu tinha dez anos de idade, igual meu mestre, quando eu começava com capoeira em 1976. Eu estava numa festa de aniversário e a gente era muito pobre, então eu não podia pagar por aulas de capoeira. Ferreirinha me disse: «Olha, se você me pagar o bolo, pode praticar capoeira. Não se preocupa! Você vai pagar um dia!» Ele não me bateu, mas ele era duro! Quando era tempo de pagar, ele me levou à floresta ajudar cortar beriba. Eu era muito baixo para fazer isso bem, mas eu fiz que pude. Eu passei dez anos com ele.

      «Eu comecei treinar na casa de Ferreirinha. O lugar [..] tinha três metros quadrados, mas ele tinha um monte de alunos, e as aulas e a roda rolava lá! Era um tempo diferente! Era uma comunidade manguezal.

      «Mestre Ferreirinha era católico. Ele tinha um altar dedicado a Santo Antônio. Nesse tempo tinha reza na casa dele - ele fez ofertas, acendeu velas e começou a aula de capoeira. Um dia a roda esquentou. Dois alunos dele jogavam e um deles deu a benção no outro. O cara caiu no altar, derrubando-lo e o altar pegou fogo! [..] Mestre Ferreirinha jogou todo mundo fora e não havia capoeira por um mês!

      «[M Ferreirinha] só dava aulas de capoeira. Ele veio da família de capinheiros, então ele sabia fazer atabaques, mas não os vendeu. Dona Gilda, uma historiadora em Santo Amaro, sabe muito mais estórias do que eu. Ela perdeu trabalho dela como diretora de uma escola em Santo Amaro porque defendeu Ferreirinha. Ferreirinha precisava de um espaço maior para ensinar capoeira, porque tinha muito alunos, então ele falou com Dona Gilda, quem foi amiga dele e a perguntou: «Senhora, talvez me acha um lugar para eu ensinar na escola?» «Claro,» ela disse, e achou um espaço para ele. O Prefeito ou o Secretário de Educação então falou pra ela: «Dona Gilda, está você trazendo um negro a nossa escola para fazer capoeira? Se você continuar com isso, vai perder seu trabalho.» Ela então sentiu que tinha que deixar o emprego. Mestre Ferreirinha continuou ensinar na casa dele. Alguns anos mais tarde, ele passou um ano na infantaria em Santo Amaro e podia ensinar capoeira lá.

      «O treino de Ferreirinha era duro e eu não mudou nada.

      «[M Ferreirinha] faleceu aos setenta e dois anos de idade... Eu tenho que dar uma olhada em seus documentos. Ele veio a Santo Amaro aos dez anos de idade procurando trabalho, porque fugiu da casa - o padrasto dele bateu nele - e ele nunca voltou.

      «Ele conhecia João Pequeno e Pastinha. Ele passou muito tempo com Pastinha na verdade. Eles foram do mesmo tempo.

      «Ninguém tocava berimbau como ele. Dona Gilda uma vez disse que ele não sabia tocar. Imagine! Se isso é verdade, nunca mais vou tocar berimbau por Dona Gilda!

      «[..] ele contou estórias sobre mestre dele. Ele falava que quando Mestre Asa Branca jogava, você podia fazer tudo que quis com ele, mas quando ele era bebado a casa pegou fogo! Uma vez ele bateu num polícia - jogou ele sobre um muro, sete palmas de altura! Mestre Asa Branca estava numa roda de rua nesse dia, quando um polícia falou que eles não podiam jogar capoeira. Como Mestre Asa Branca era bebado, ele disse: «Podemos, sim.» «Não, não podem.» Quando o polícia tirou a arma dele, Mestre Asa Branca deu um martelo nele botando ele voar.

      «Mestre Ferreirinha só organizava uma roda de rua quando era uma festa. As vezes no meu aniversário ele fez a roda e o pessoal podia vir e ver me apanhar!»



    Video de 1987

    M Ferreirinha

Flickr Fotos

    Atualizações do blog direto a seu inbox

    Back to Top